Uma Faixa, Uma Rota: visão e ações da estratégia chinesa Anabela Santiago, Universidade de Aveiro, Portugal

In Estudios, Otros, Política exterior, Simposio Electrónico Internacionalby Xulio Ríos

A República Popular da China, no seguimento das suas políticas diplomáticas, e com o objetivo de manter um crescimento sustentado da sua economia, encetou em 2013 uma estratégia denominada “One Belt, One Road”, ou em português, “Uma Faixa, Uma Rota”, conhecida ainda como a Nova Rota da Seda. Essa estratégia está atualmente inserida no 13º Plano Quinquenal do Partido Comunista Chinês que assenta ele próprio em dois conceitos-chave (crescimento sustentado e equidade social) e traça metas muito ambiciosas no que toca à criação de infraestruturas para o comércio livre e para a interconetividade entre os povos. Este artigo pretende esclarecer em que consiste essa estratégia, quais os seus objetivos principais e o que está a ser feito para os atingir em termos políticos, económicos e sociais. Pretende-se também dar a conhecer qual o possível impacto dessa estratégia a nível externo, para a Europa, para os EUA e continente africano, num mundo cada vez mais globalizado.

(Texto completo disponible en PDF adjunto).

Anexos